Central de atendimento · (047)30353777

Português pt English enEspañol es

Blog

4 formas eficientes para economizar com o banco de dados da sua empresa

Se tem um desafio que todas as empresas da atualidade enfrentam é este: como promover a redução de custos com o banco de dados, que, como sabemos, fica cada vez mais abarrotado de informações – afinal, estamos na era digital, não é mesmo?

Além disso, para que um banco de dados seja eficiente, a empresa precisa investir em uma série de recursos, ferramentas, softwares, licenças, suportes, servidores e por aí vai.

Bom, saiba que existem várias maneiras de você conseguir gerenciar melhor e, de quebra, economizar muito com o banco de dados, principalmente em relação ao suporte e atualizações.

Portanto, preste atenção nestas 4 dicas:

1. Utilize banco de dados de código aberto

Você sabia que existem muitas opções de bancos de dados relacionais que, não necessariamente, são tão conhecidos? Os bancos de dados de código aberto são exemplos disso.

Por definição, esses tipos de banco de dados são imunes às regras de licenciamento, o que gera mais flexibilidade para a empresa trabalhar com as licenças e, ainda, negociar taxas de suporte mais baixas (ou até eliminá-las).

Em outras palavras, você consegue negociar uma redução de custos para utilizá-los. E isso na prática favorece o desenvolvimento de um ambiente de TI mais ágil.

Mas aqui cabe uma atenção: sempre procure e pesquise por opções escaláveis, seguras e, claro, ofereçam um bom suporte técnico. Outra atenção especial é quanto a substituição do banco de dados de ERP crítico – isso pode ser um pouco demorado e arriscado. Nesse caso, utilize soluções alternativas, mantendo seus registros intactos.

2. Migre para soluções cloud computing

Essa é uma das dicas que mais ajudam na redução de custos com o banco de dados da empresa.

Além de economizar espaço e energia elétrica, pois os servidores serão reduzidos (ou até eliminados completamente, dependendo do tamanho da sua empresa), o armazenamento do banco de dados em nuvem (Data Base as a Service) te permite pagar apenas o serviço que você realmente utilizar, e ir aumentando a capacidade de armazenamento à medida que for precisando.

Além de promover a redução de custos, o armazenamento em nuvem também reduz o trabalho da equipe de TI, que não precisa se preocupar com tantos processos técnicos, como os backups, a manutenção dos sistemas e a renovação de licenças.

3. Contrate serviços de suporte de banco de dados independentes

Ainda falando sobre suporte – um item considerado caro para manter o banco de dados –, saiba que uma dica de economia é contratar um fornecedor de serviços de suporte que atua de forma independente dos softwares de armazenamento que a empresa utiliza. Isso, inclusive, já vem sendo recomendado pelas consultorias Gartner e Forrester.

Mas por que? Bom, em primeiro lugar porque você consegue negociar os valores de acordo com as necessidades atuais da sua empresa – aliás, ela pode economizar até a metade do valor em taxas de suporte. E esse dinheiro pode ser revertido para outros investimentos.

Em segundo lugar, além dessa economia, os fornecedores de suporte de banco de dados independentes costumam oferecer serviços de mais valor agregado e sem nenhum custo extra, como suporte de segurança, ajustes de desempenho e interoperabilidade. E, mais uma vez, a sua equipe de TI ganha em produtividade, pois várias rotinas serão terceirizadas.

4. Virtualize os servidores

Por fim, mas não menos importante: você já pensou em virtualizar os servidores da empresa?

Além de aumentar muito a performance dos sistemas, simplificar processos e elevar o nível de confiança do ambiente de TI, a virtualização amplia a capacidade de investimentos, por aumentar a capacidade de armazenamento do banco de dados.

Com a virtualização, a empresa economiza no data center:

  • Economia de espaço físico
  • Economia na compra de licenças
  • Economia na compra de mais equipamentos
  • Economia na climatização e na manutenção do sistema operacional antigo – que pode continuar sendo executado na máquina virtual, o que reduz custos com migração.

E se for combinada com soluções em cloud computing, a economia é ainda maior – aliás, sobre esse assunto, temos um post detalhado aqui.

Viu como existem muitas maneiras eficientes de economizar com o banco de dados da sua empresa?

Até a próxima!