Central de atendimento · (047)30353777

Português pt English enEspañol es

Blog

PaaS, IaaS e SaaS: qual a diferença entre esses modelos de cloud computing?

Apenas no Brasil, por exemplo, esse mercado cresceu 51,7% em 2017, segundo dados da Brasscom. E nos próximos quatro anos, a expectativa é que haja um aumento de 27%, o que significa bilhões de reais em investimentos em SaaS, IaaS e PaaS.

E por falar nessas três siglas, você sabe exatamente o que elas significam? Bom, vamos explicar neste post.

Partindo do princípio que a cloud computing não é um produto em si, mas um serviço. As empresas têm acesso a pelo menos três serviços prestados nessa categoria: Software como Serviço, Plataforma como Serviço e Infraestrutura como Serviço.

1. IaaS: a Infraestrutura como Serviço

Do inglês Infrastructure as a Service, o modelo IaaS é a terceirização da infraestrutura de TI da empresa para um fornecedor que disponibiliza servidores e data centers em nuvem.

Nesse modelo de serviço em nuvem, a empresa também pode contratar mais memória, armazenamento, processamento, roteadores, racks, mais servidores e tudo o que envolve sua infraestrutura de TI.

Na prática, dependendo do fornecedor do IaaS, a empresa pode pagar pela quantidade de dados trafegados ou armazenados, mas, de qualquer forma, ela paga somente aquilo que realmente usar — o que é uma vantagem e tanto.

Além disso, a Infraestrutura como Serviço é subdividida em três categorias:

  1. Nuvem pública: quando a infraestrutura de TI está em recursos padronizados e compartilhados, sendo que o autoatendimento ocorre todo pela Internet.
  2. Nuvem privada: nesse caso, a infraestrutura segue a virtualização, mas essa virtualização ocorre de forma privada.
  3. Nuvem híbrida: é a combinação entre a nuvem pública e a privada.

O modelo IaaS é ideal para pequenas e médias empresas que estejam crescendo rapidamente e a infraestrutura de TI não está mais conseguindo acompanhar, sem falar em empresas com demandas mais voláteis, como os e-commerces, por exemplo.

2. SaaS: o Software como Serviço

Do inglês Software as a Service, no modelo SaaS a empresa não precisa comprar softwares e suas licenças de uso em sua infraestrutura de TI, pois ele paga apenas uma assinatura enquanto utilizar os produtos.

Dessa forma, o acesso aos softwares é feito pela nuvem, seja pelo software ou pelo browser. E isso proporciona mobilidade à equipe da empresa, pois os dados, os contatos e todas as informações podem ser acessadas a partir de qualquer dispositivo móvel.

Outra vantagem do Software como Serviço é que ele pode ser testado gratuitamente antes da aquisição da assinatura. Dessa forma, economiza-se tempo em treinar a equipe também.

O SaaS é muito usado por diversos tamanhos de empresas, incluindo as pequenas, que não podem investir na compra de licenças. Os novos modelos de trabalho, como o home office, por exemplo, também são muito beneficiados com SaaS.

3. PaaS: a Plataforma como Serviço

Do inglês Platform as a Service, o modelo PaaS é parecido com o SaaS, mas enquanto o este último é a terceirização do software na nuvem, a Plataforma como Serviço é a terceirização de um ambiente (uma plataforma) de desenvolvimento para criação, hospedagem e gerenciamento de um software. Portanto, não há necessidade de configurar uma infraestrutura de TI.

Assim como o IaaS, o modelo PaaS também pode ser subdividido nas categorias de nuvem pública, nuvem privada e nuvem híbrida.

Uma das vantagens da adoção desse modelo de serviço é que a equipe de desenvolvimento da empresa passa a se preocupa apenas com a programação do software, pois as tarefas restantes (como a manutenção, atualização e gerenciamento da infraestrutura) ficam a cargo da empresa fornecedora da solução. E isso também se traduz em economia financeira para o empreendimento.

E então, a sua empresa utiliza ou já utilizou alguns desses modelos de serviço em nuvem? Qual é a sua opinião sobre eles? Deixe o seu comentário!

Caso queira saber mais detalhes sobre como os modelos SaaS, IaaS e PaaS podem ajudar seu negócio, clique aqui e entre em contato conosco. Até a próxima!