Central de atendimento · (047)30353777

Português pt English enEspañol es

Blog

Ramos que o profissional de TI pode atuar

Dando sequência à nossa série de posts em comemoração ao Dia do Profissional de TI (comemorado em 19 de outubro), hoje vamos falar especificamente sobre os ramos que esse profissional pode atuar.

Como a tecnologia é uma área que nunca para de se atualizar – aliás, a atualização ocorre rapidamente no mercado – é importante o profissional escolher ao menos uma especialidade para se destacar nas empresas ou como empreendedor.

Nesse caso, separamos a seguir alguns exemplos de funções na área de TI que você pode atuar. Caso queira contar a sua experiência sobre esse assunto, deixe o seu comentário no final do post, combinado?

Suporte técnico

O profissional de TI responsável pelo suporte atua na resolução dos problemas técnicos que ocorrem na rotina das empresas, como falhas no acesso aos sistemas, à rede e o conserto de equipamentos. 

Na prática, esse profissional precisa entender tudo sobre o funcionamento de uma estrutura de redes, sobre banco de dados, além de softwares, hardwares e sistemas de gestão de TI. 

Segurança da Informação

Outro exemplo de ramo que o profissional de TI pode atuar é o da segurança da informação – mais especificamente como analista de segurança.

Esse profissional torna-se responsável para proteção dos dados da empresa, monitorando todo o ambiente de TI e criando barreiras que impeçam problemas na segurança dos dados e tentativas de ataques – e se ocorrerem ataques ou outros incidentes, esse profissional é o que eliminará as ameaças com as medidas cabíveis. 

Desenvolvimento de Software

O profissional de TI que atua com o desenvolvimento de software pode percorrer vários setores de atuação dentro dessa área – como, por exemplo, a criação de sites, de aplicativos, e o desenvolvimento de softwares para pessoas físicas e jurídicas.

Como existem várias linguagens de programação, é importante que esse profissional esteja atento às novidades para decidir quais são as mais importantes para ele aprender e se reciclar periodicamente. 

Qualidade de Software

O ramo de qualidade de software é parecido com o da programação, já que o profissional trabalha como tester (testador) após a fase de desenvolvimento do software que o programador construiu.

Trata-se de um trabalho muito importante, já que é esse profissional de TI que garantirá que os softwares e aplicativos desenvolvidos estão aptos e sem falhas antes de entrarem no mercado, garantindo a rentabilidade da empresa e a satisfação do cliente.

Cloud Computing

A computação em nuvem vem crescendo no Brasil – segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação (Brasscom), até 2021 o país deverá crescer 27% nesse mercado, representando um faturamento de R$ 29 bilhões. 

Portanto, trata-se de um ótimo ramo de atuação para o profissional de TI, já que as soluções de cloud computing tendem a se aperfeiçoar ainda mais. 

Nesse caso, o especialista nessa função tem a responsabilidade de planejar, direcionar e executar a capacidade de armazenamento e processamento dos dados na nuvem, além de garantir a segurança dos dados e a integração de outros profissionais que trabalham a partir dela, como os especialistas em Big Data, iOT, Inteligência Artificial, etc. 

P&D – Pesquisa e Desenvolvimento

Na área de pesquisa e desenvolvimento é possível trabalhar como Diretor-Chefe de Tecnologia, que é a função do profissional de TI responsável por uma visão maior de toda empresa de TI. Trata-se de um cargo que está acima ao de gerente de TI. 

As tarefas de um Chief Technology Officer inclui pesquisas sobre oportunidades para a empresa, a minimização de riscos, além de comunicar novas estratégias para parceiros, colaboradores e investidores. Portanto, ele precisa ter uma visão geral sobre toda a empresa, e não apenas a área de TI.

Administração de banco de dados

Outro ramo de atuação do profissional de TI é a administração de banco de dados. Suas principais atribuições são a gestão dos bancos de dados, sua proteção e a garantia de disponibilidade das informações. Ele atua junto ao especialista de segurança da informação.

Além disso, além de administrar, o profissional também precisa saber instalar e configurar os bancos de dados da empresa, bem como cuidar dos backups e emitir relatórios quantitativos sobre a eficiência dos data centers da empresa. 

Administração de Redes

O profissional de TI também pode trabalhar como administrador de redes – uma das áreas que exige muito conhecimento técnico.

Na prática, a rotina passa por saber identificar e entender tudo sobre equipamentos, softwares e cabeamentos. Como é uma área que exige muita especialização, o profissional precisa tirar algumas certificações, como, por exemplo, a MCSA, a MCSE, MCP (todas da Microsoft), bem como a Cisco-CCNA.

E então? Qual dessas áreas você já atua ou tem interesse em atuar? Aproveite e saiba mais sobre a regulamentação do profissional de TI.

Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível. Ao continuar a navegar no site, você concorda com esse uso. Para mais informações sobre como usamos cookies, veja nossa Politica de Privacidade.
Continuar